História

Histórico do "Instituto Teológico Boa Terra".

O "Instituto Teológico Boa Terra"(ITBT) é um departamento da Convenção Nacional da Igreja de Deus, que iniciou suas atividades em Nova Esperança, Dona Emma - SC, no ano de 1923, entre os imigrantes alemães.

Logo, o trabalho se expandiu para outros locais, e com essa expansão, surgiu à necessidade de treinar novos líderes, para atender melhor o trabalho, e fundar novas Igrejas. Algumas décadas se passaram, até surgirem às primeiras Escolas de Treinamento de Líderes, que funcionaram junto a Igrejas locais, nas quais foram capacitados vários dos primeiros Pastores e Obreiros brasileiros da Igreja de Deus. Foram três Escolas Precursoras que antecederam à Fundação do Instituto Teológico Boa Terra, a saber:

1. Escola Bíblica em Rio das Antas - SC. Em 1949 e 1950, os Pastores Salomon e Heinrich Weissburguer, que treinaram vários Pastores e Obreiros.

2. Escola de Treinamento de Líderes em Marechal Cândido Rondon -PR. Em 1964 o Missionário David Méier abriu uma Escola de Treinamento de Líderes, de onde também foram treinados alguns Pastores e Obreiros.

3. Escola de Treinamento de Líderes em Fanny, Curitiba - PR. Em 1966, o Missionário Rúben Malzon também iniciou uma Escola de Treinamento de Líderes, de onde também saíram preparados vários Pastores e Obreiros.

Finalmente, no dia 05 de março de 1972, o Instituto Bíblico Boa Terra foi inaugurado em sua sede própria, à rua Pastor Adolfo Weidmann 3024, no bairro do Guarituba, município de Piraquara - PR (região metropolitana de Curitiba), sob a liderança de três casais Pastorais: Nelson e Adelheid Junges, Edgar e Cilli Henke e Missionários Maurício e Dondeena Caldwell.

A primeira turma, composta por 13 alunos, fez o Curso de Teologia Ministerial, cuja duração máxima era de três anos, visando a formação de Pastores e Obreiros.

No ano de 1976 o Currículo foi reformulado, passando a oferecer dois cursos: "Educação Cristã" (2 anos de duração); e "Teologia Ministerial" (4 anos de duração).

No dia 08 de Novembro de 1988, o nome da instituição foi alterado de "Instituto Bíblico Boa Terra" para "Instituto Teológico Boa Terra"(conforme a 50ª Ata da Assembléia Geral da "Igreja de Deus no Brasil" - sendo que este nome da igreja foi alterado em novembro de 2016 para "Convenção Nacional da Igreja de Deus"). Ainda, em 1988 O ITBT se afiliou a AETAL - que é a Associação Evangélica de Educação Teológica na América Latina.

No ano 2000 a Igreja de Deus inaugurou uma extensão do Instituto Teológico Boa Terra na Amazônia, mais especificamente em Itaituba PA - desde então preparando lideres e pastores da região Norte. Também neste ano o Currículo foi readaptado para três anos de duração, oferecendo três opções diferentes: "Fazedor de Tendas" (um ano de duração); "Pedagogia Cristã" (dois anos de duração; e "Teologia Ministerial" (três anos de duração).

A partir de 2007, o Currículo foi novamente reformulado, com a duração máxima de quatro anos, com três opções diferentes: "Matérias Avulsas (individuais); "Pedagogia Cristã" (dois anos de duração); e "Teologia Ministerial" (quatro anos de duração). A respeito da Teologia Ministerial neste período o aluno permanecia três anos no Instituto Teológico Boa Terra e no quarto ano o mesmo podia fazer a integralização das disciplinas do curso de teologia cursadas no Seminário junto a uma Faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação, amparado na resolução do parecer CNE/CES 63/2004. Por meio deste parecer várias faculdades ofertaram o aproveitamento de estudos e a convalidação de títulos de cursos livres de Teologia que o próprio estudante podia escolher. Sendo assim a maioria dos formandos em Teologia Ministerial optaram pelo programa que proporcionou o reconhecimento do MEC em seus certificados. No entanto em 2016 foram revogados os efeitos deste parecer CNE/CES 63/2004 e não existe mais essa possibilidade da convalidação de títulos junto ao MEC. Isto significa que o ITBT oferece o chamado curso livre em Teologia.

Desde o ano de 2014 O ITBT tem implantado alguns pólos (EAD) de extensão de seu programa de ensino teológico junto a algumas igrejas locais da Convenção Nacional da Igreja de Deus. Nestes locais são ministradas as disciplinas elaboradas e enviadas pelos professores e pastores da Instituição. O objetivo é de levar a escola ao aluno para treinar o maior numero possível de lideres nas igrejas locais, a fim de que possam exercer ministérios eficientes.

O Nome Instituto Teológico "Boa Terra", tem como base bíblia a parábola do semeador de Mt. 13.1-8, 23. Onde lemos a partir do verso três: "...Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear; uma parte caiu a beira do caminho, ... outra caiu em solo rochoso... outra caiu entre os espinhos, ... e outra, enfim, caiu em boa terra e deu fruto: a cem, a sessenta e a trinta por um". Conforme a explicação de Jesus nos versos 18 a 23 somente a que caiu em boa terra é que produziu frutos permanentes. "mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende; este frutifica, e produz a cem, a sessenta e a trinta por um".

Datas significativas

1880 - Fundado nos Estados Unidos da América 

1972 - O Instituto Bíblico Boa Terra foi inaugurado em sua sede própria, em Curitiba

 1988 - O nome da instituição foi alterado para "Instituto Teológico Boa Terra"